Comercial de Mobile Strike com 30 segundos no Super Bowl custou US$ 5 milhões aos desenvolvedores

Para promover seu game de estratégia de guerra "Mobile Strike", a desenvolvedora Machine Zone desembolsou nada menos que US$ 5 milhões para aparecer durante 30 segundos no Super Bowl. Além de estar presente em um dos eventos mais vistos dos Estados Unidos, o comercial do app também contou com o ator Arnold Schwarzenegger, o que deve ter pesado no orçamento final.

Levando em consideração que a indústria de games mobile gera US$ 30 bilhões anualmente e o mercado está cada vez mais concorrido, a ação da publisher de apostar na TV para promover seu produto não é uma ideia tão ruim, apesar de bem cara.

Esta é a segunda vez que a Machine Zone utiliza o Super Bowl como vitrine para seus games. No ano passado, a companhia gastou US$ 4,5 milhões para promover "Game of War", em um comercial de 30 segundos com a modelo Kate Upton.

 

Além de "Mobile Strike", o outro game que apareceu no Super Bowl foi Pokémon, com um vídeo que foi apresentado há algumas semanas e traz imagens que se passaram no Brasil, além de uma bela perspectiva de como seriam os pokémons na vida real.

- Continua após a publicidade -

"Mobile Strike" e "Game of War" estão disponíveis de graça para Android e iOS.

 {via}Venture Beat|http://venturebeat.com/2016/02/07/machine-zone-spends-5m-on-mobile-strike-super-bowl-50-commercial-with-schwarzenegger/{/via}

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.