Facebook desabilita páginas que vendem maconha medicinal para não "estimular a venda de drogas"

O Facebook está deletando algumas páginas em seu serviço que comercializam maconha medicinal. A plataforma já desabilitou diversas páginas porque "violava as condições de serviço". Segundo a empresa, a medida foi adotada porque o Facebook não quer estimular a venda de drogas (mesmo que para uso medicinal).

Alguns usuários administradores das páginas receberam a seguinte mensagem: "Nós removemos qualquer promoção ou incentivo do uso de drogas. Sua página não está visível no Facebook. Parece que o conteúdo em sua página não segue os "Termos e Padrões de comunidade do Facebook". A ação gerou polêmica nos Estado Unidos porque as normas da rede social proíbem a venda (ou compra) de drogas apenas por "revendedores não autorizados". Nos EUA, a maconha usada para fins medicinais é legalizada em 23 estados.

Em resumo, os padrões da comunidade parecem apenas "impedir tentativas de revendedores não autorizados de comprar ou vender medicamentos prescritos, maconha ou armas de fogo". Já que as páginas das organizações são legais nos estados que operam, elas não atendem tecnicamente esse padrão. A decisão do Facebook, então, parece apelar para a lei federal, deixando de lado as normas estaduais que fazem da maconha medicinal legal em certas regiões.

"Parece arrogante simplesmente desligar recursos importantes para pacientes doentes, mesmo sem dizer o porquê ou dando às organizações uma maneira de pedir reconsideração,"
- Peter Rosenfeld ao NJ.com, um dos 5.668 usuários de maconha medicinal registrados de Nova Jersey 

- Continua após a publicidade -
{via}Engadget|http://www.engadget.com/2016/02/04/report-facebook-is-deleting-medical-marijuana-pages/{/via} 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.