Falha antiga no Linux estaria afetando PCs, servidores e dispositivos Android

A Trend Micro, empresa especializada em segurança de informação, alertou que uma falha no kernel do Linux pode estar afetando PCs, servidores Linux e dispositivos com Android KitKat 4.4 e superiores. Segundo os especialistas, o bug permite que cibercriminosos aumentem os privilégios de usuário local para o nível de administrador (root). Esta falha é antiga e existe desde 2012, e afeta as versões 3.8 e superiores do kernel do Linux

Em janeiro, outra falha no sistema foi descoberta

Suposto processador Zen de 32 núcleos, codinome Zeppelin, aparece em Changelog do Linux

O bug no Linux ainda permite que usuários executem um código para extrair dados de segurança. A falha se encontra do local de keyring, lugar onde aplicativos armazenam informações criptografadas, chaves de autenticação e outros serviços que precisam de segurança.

A Trend Micro está investigando os dispositivos que podem ter sido afetados pela falha, e observou que ameaças de segurança no Linux têm aumentado durante os últimos anos. Como o Android é baseado no Linux, dispositivos móveis com esse sistema operacional se tornaram alvos mais fáceis para ciberataques.

"O maior problema do Android é sua fragmentação (quando múltiplas versões do Android estão presentes e em uso), o que resulta em muitos usuários rodando versões desatualizadas do sistema operacional que podem estar cheias de vulnerabilidades e falhas de segurança", disse a empresa em comunicado.

- Continua após a publicidade -

Hackers desbloqueiam o PS4 e instalam Linux (e até rodam Pokemon!)

Os usuários que utilizam versões mais antigas correm risco de possuir falhas não corrigidas. As recomendações da Trend Micro é que usuários Android e Linux utilizem os patchs mais recentes de seu sistema, mantendo-o sempre atualizado para prevenir vulnerabilidades de segurança. A empresa ainda difere sobre quais versões podem ou não ter sido afetadas pelo bug. Apesar das divergências, o comunicado da companhia afirma que "as distribuições Linux usando o kernel 3.10 ou superior estão vulneráveis, enquanto as restantes são consideradas apenas como “teoricamente” vulneráveis."

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.