Suposto processador Zen de 32 núcleos, codinome Zeppelin, aparece em Changelog do Linux

Já é sabido que a AMD trabalha em um processador de altíssimo desempenho com a combinação de grandes quantidades de núcleos de processamento. Uma postagem supostamente feita por um engenheiro da empresa no LKML.ORG, um site onde é feita a publicação de arquivos e discussão no desenvolvimento do kernel do Linux, parece indicar mais características desses possíveis futuros processadores.

De acordo com especulações sobre essas linhas de código, publicados pelo New Citavia Blog, é possível observar uma estrutura organizada da seguinte forma: os núcleos seriam organizados em uma estrutura chamda de "Core Complex", composto por dois núcleos lógicos por núcleo físico (resultado da troca da AMD pelo SMT) e com um total de quatro núcleos físicos por "Core Complex".

Para criar o monstro de processamento entra em ação o "Exascale Heterogeneous Processor". Esse novo produto seria capaz de combinar oito "Core Complex", o que nos traria um total de 32 núcleos de processamento. A AMD utilizará o "Coherent fabric", técnica que unirá esses múltiplos núcleos em um multi-chip module (MCM) e garantirá altíssima velocidade de comunicação entre eles, com a comunicação entre a CPU e a GPU com 100GB/s disponível de largura de banda e reduzindo drasticamente a latência se comparado com conexões como o PCIe.

Falando em GPU, esse projeto ambicioso que atualmente vem sido chamado em rumores como "Zeppeling", contará também com gráficos integrados mais recentes da AMD, com núcleos baseados na arquitetura Greenland e uso de memórias HBM de segunda geração. De acordo com os supostos slides da AMD publicados pelo Fudzilla, o resultado seria mais de 4 TFLOPS de poder de processamento gráfico (para dar uma noção comparativa, uma GTX 980Ti pode chegar a algo em torno de 5.63 TFLOPS). Fechando o "arsenal" do Zeppelin estaria a comunicação em quatro canais (quad-channel) com memórias DDR4, com um limite de até 256GB por canal.

- Continua após a publicidade -

De acordo com a própria CEO da AMD, Lisa Su, os primeiros processadores baseados na arquitetura Zen "dão as caras" no final desse ano, o que significa que a APU Zeppelin pode chegar ao mercado em 2016/2017. Os grandes destaques da nova arquitetura de processadores da AMD incluem uma litografia em 14nm FinFET, o dobro de instruções por clock e a troca do CMT (Clustered Multi-Thread) presente desde os Bulldozers pelo SMT (Simultaneous multithreading).

{fonte}LKML.ORG|https://lkml.org/lkml/2016/1/6/875{/fonte}

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.