Halo Reach e Gears of War apresentam problemas de performance na retrocompatibilidade com o Xbox One

Testes feitos pelo canal do Youtube Digital Foundry apontaram que "Halo Reach" e "Gears of War Judgement" apresentam problemas de performance que tornam os games quase impossíveis de serem jogados na retrocompatibilidade do Xbox One.

Segundo os testes, "Gears of Wars" possui taxa de frames de, em média, 20 FPS, o que torna o game "praticamente impossível de jogar", segundo o Digital Foundry. Em "Halo Reach", o problema é diferente, mas também envolve os frames. A taxa de atualização é inconstante e a frequência de fps varia a quase todo momento. Além disso, algumas texturas do game demoram para serem carregadas.

O games não foram os únicos títulos a serem testados pelo canal, mas foram os únicos que apresentaram problemas. Outros grandes títulos da geração passada, como "Assassin's Creed II", "Shadow Complex" e "Mass Effect", rodaram bem no Xbox One.

 Lista de jogos retrocompatíveis para o Xbox One ganha 10 novos títulos

O Digital Foundry constatou que jogos que buscam mais poder da CPU do videogame acabam sofrendo alguns problemas. Considerando que a retrocompatibilidade do Xone ainda está dando seus primeiros passos, possivelmente teremos um patch em breve que vai melhorar a experiência com "Halo Reach" e "Gears of War Judgment" no console. 

- Continua após a publicidade -

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.