Whatsapp agora é de graça (para os usuários)

O dia que para muitos parecia que nunca chegaria, não vai chegar mesmo: o Whatsapp não cobrará pelo uso do serviço. A principal plataforma de mensagens instantâneas no celular divulgou através de seu blog que não irá cobrar de seus usuários para operar.

A notícia de "ser de graça" não é necessariamente boa, pois traz a preocupação: como o Whataspp vai "fazer dinheiro" agora?

No lugar da assinatura anual, a plataforma de mensagens irá introduzir uma ferramenta para tornar possível a comunicação dos usuários com organizações e empresas. De acordo com o Whatsapp, essa via de contato só será formada com empresas que "você quer" se comunicar, como o contato com o banco por problemas em uma transação ou com a companhia aérea para informações sobre o seu voo.

Aparentemente serão as empresas que "vão pagar a conta do Whatsapp"

De acordo com o post, assim o Whatsapp evita o uso de outras formas de monetização, como publicidade ou a criação de add-ons de terceiros. Anteriormente, a plataforma utilizava um modelo de assinatura anual com preço de 99 centavos de dólar.

A plataforma está envolvida em polêmicas aqui no Brasil. De acordo com informações do Jornal Nacional, o app de comunicação já deve mais de 12 milhões de reais em multas ao nosso governo, resultado de disputas judiciais por acesso aos dados de usuários em investigações judiciais. Por conta do conflito, a plataforma chegou a ficar temporariamente fora do ar em todo o território nacional.

- Continua após a publicidade -

O bloqueio do serviço no país, porém, é algo que está longe do ideal por conta do protagonismo que possui na comunicação das pessoas, atualmente. O brasileiro já usa mais a internet e seu tráfego de dados para se comunicar do que ligações ou mensagens tradicionais.

{fonte}Whatsapp|https://blog.whatsapp.com/615/Making-WhatsApp-free-and-more-useful{/fonte} 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.