Ford testa programa de compartilhamento de veículos; até seis pessoas podem dividir um carro

A Ford acaba de anunciar o Ford Credit Link, seu novo programa de compartilhamento de veículos nos Estados Unidos. O Ford Credit Link, inicialmente, será testado em uma cidade do Texas, e vai auxiliar tanto os usuários de carros Ford que não possuem acesso ao seu veículo em tempo integral quanto pessoas que não tê carro mas precisam de mobilidade.

Com essa funcionalidade, um grupo de até seis pessoas pode alugar um novo Ford e dividir todos os custos de propriedade. Através deste programa, os usuários que alugam um modelo da empresa serão capazes de se comunicar uns com os outros através de um aplicativo de smartphone específico.

Ford disponibiliza tecnologia SmartDeviceLink como plataforma aberta para indústria de veículos

O app também pode dar opções para cada usuário reservar um tempo para usar o carro, manter o calendário de manutenção do veículo atualizado e verificar o estado do veículo. Três concessionárias de Austin, no Texas, já começaram a testar a função.

"As pessoas já estão compartilhando tudo, desde livros até casas. Estamos vendo o potencial para uma mudança a partir de um único consumidor, pagando por um único veículo com várias pessoas que compartilham custos e benefícios. O Ford Credit link faz com que veículos Ford estejam facilmente disponíveis para as pessoas que podem, não querem ou não precisam seu próprio veículo, mas têm exigências de mobilidade que devem ser cumpridas".

- David McClelland, vice-presidente executivo da Ford

{via}Cars Scoopshttp://www.carscoops.com/2016/01/ford-announces-car-sharing-programme-in.html{/via} 

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.