Realidade virtual deve gerar US$5,1 bilhões em vendas em 2016, aponta pesquisa

Uma pesquisa realizada pela SuperDatra Research, empresa que trabalha com análises de mercado, estima que a venda de dispositivos de tudo o que envolve a realidade virtual deve gerar US$5,1 bilhões em 2016.

Oculus Rift entra em pré-venda por US$599

Esse montante será atingindo com base nos 39 milhões de consumidores previstos para comprar a nova tecnologia durante este ano.

A Europa deverá ser o principal mercado consumidor da realidade virtual, com vendas que devem gerar US$1,9 bilhão. A América do Norte vem em segundo lugar, com US$1,5 bilhão e, na sequência, a Ásia, com US$1.1 bilhão. O restante do mundo deve somar o US$0,6 bilhão restante.

Playstation VR terá o preço de um novo console

A quantidade é bem superior aos US$660 milhões gerados em 2015. E segundo as mesmas estimativas, a arrecadação nos próximos deve continuar crescendo bastante. Em 2017, por exemplo, deve ficar em torno dos US$8,9 bilhões. Já em 2018, a quantia sobe para US$12,3 bilhões.     

HTC Vive será lançado em abril de 2016

Algumas das promessas da realidade virtual para 2016 são o Oculus Rift (Oculus), o HTC Vive (Valve), o Gear VR (Samsung) e o Playstation VR (Sony). O primeiro, inclusive, entrou hoje em pré-venda pela bagatela de US$599.

Vocês pretendem comprar algum dispositivo de realidade virtual, galera? 

Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.