Pesquisa: produtos com cinco estrelas não são os que mais vendem

 Você tem um produto à venda online e consegue gabaritar 5 estrelas entre as avaliações de seus consumidores. Ótimo, não? Parece que não. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Northwestern e o PowerReviews chegou a conclusão que ter a nota máxima nas reviews dos consumidores não é o ideal para as vendas.

O motivo é simples: as pessoas não acreditam em algo que é bom demais. Produtos em que todas as análises dos usuários são incapazes de apontar defeitos não tem credibilidade, e o resultado é que, de acordo com a pesquisa, os produtos com vendas mais expressivas são aqueles com uma média de 4.2 a 4.5 estrelas. Os consumidores sabem que um produto não pode atender a todas as pessoas, e saber seus pontos negativos é um fator importante na hora de definir a compra. De acordo com o PowerReviews, 82% dos consumidores irão filtrar os resultados para ver apenas as avaliações negativas, ao longo da decisão.

5 estrelas ativam o alerta de "bom de mais para ser verdade" dos consumidores

Análises "5 estrelas" tem menos credibilidade 

A pesquisa também levantou os motivos que levam alguém a "considerar mais" antes de finalizar uma compra. De acordo com o PowerReview, os três principais motivos que fazem o consumidor hesitar são preço alto, segurança e um produto ou marca nova. Quanto mais arriscado um produto, como um remédio para perda de peso, mais as pessoas tendem a ser cuidadosas na leitura das avaliações de outros consumidores.

As pessoas buscam por análises ruins

 A pesquisa fecha sugerindo quatro dicas para os logistas e marcas, mostrando como lidar com as análises de seus consumidores:

1) "Abrace" as análises negativas - a tendência é você querer rejeitar análises negativas, mas isso não deve ser feito. Opiniões divergentes sobre seu produto são importantes para entregar autenticidade, e alguns consumidores buscam proativamente as análises mais críticas.

2)  Quanto mais caro o produto, mais importante as análises - os consumidores hesitam mais em comprar algo caro, pois o risco é maior. As reviews dos consumidores são um mecanismo importante para tomar essa decisão.

3) Ofereça amostras de produtos e marcas novas - iniciantes são considerados produtos de maior risco. Uma forma de superar essa barreira é oferecer gratuitamente amostras e assim começar a acumular análises que dão credibilidade.

4) Aumente o número de análises do seu produto - não somente a quantidade, mas a qualidade das análises tem um importante impacto em vendas. Tente identificar os produtos com poucas análises ou avaliações muito curtas e busque forma de ampliá-las. Estudos mostram que 80% dos reviews são resultado de um e-mail enviado após a venda, encorajando o consumidor a avaliar o produto. Torne o processo o mais simples possível para que o consumidor opine.

A pesquisa está disponível através desse link. É preciso fazer o registro com alguns dados para ter acesso. A pesquisa está disponível apenas em inglês.

{via}TechCrunch|http://techcrunch.com/2016/01/03/you-dont-want-a-5-star-review/{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.