Brasileiro usou mais internet e dados móveis do que falou ao celular em 2015, segundo pesquisa

No ano de 2015, usuários de linhas telefônicas aumentaram o uso da internet e falaram menos ao celular em chamadas. Além disso, serviços como TVs por assinatura e telefonia fixa também tiveram sua primeira queda no número de usuários. Os dados são da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

As vendas de smartphones podem estar crescendo cada vez mais, mas o setor de telefonia celular (que também lucra vendendo aparelhos) apresentou uma queda de 2,8% no número de linhas ativas neste ano. Em janeiro, havia 281,7 milhões de linhas ativas no país e, em outubro (número mais recente da Anatel), o número havia caído para 273,8 milhões.

Operadoras culpam crise e "efeito WhatsApp" pelo fim de 10 milhões de linhas de celular no Brasil

Segundo as informações da EBC, um dos grandes motivos dessa redução de linhas ativas é a diminuição de chips pré-pagos. A queda no número de linhas de operadoras também é consequência da mudança de hábito dos brasileiros. Ao invés de ter mais de um chip para trocar mensagens e fazer ligações, é preferível trocar mensagens através de plataformas como Whatsapp, Facebook Messenger, Skype ou qualquer outro que utilize apenas dados da internet.

Por causa disso, o acesso à internet móvel (que aumentou 50% em relação ao ano passado), cresceu 13,5% entre janeiro e outubro de 2015. O crescimento de acessos ao serviço 4G passou de 7,8 milhões para 20,4 milhões. A banda larga fixa também foi outro setor de destaque, passando de 24,1 milhões de usuários para 25,4 milhões.

{via}EBC|http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2015-12/em-2015-consumidores-falaram-menos-ao-celular-e-aumentaram-o-uso-de{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.