Novo Ford GT virá equipado com proteção Gorilla Glass no para-brisa

A tecnologia de proteção Gorilla Glass, desenvolvida pela Corning e que é utilizada nos smartphones, agora irá chegar para o Ford GT, da Ford. A empresa anunciou que o modelo será o primeiro carro na indústria a ter o para-brisa e tampa traseira do motor confeccionados com o Gorilla Glass híbrido, um material mais resistente e cerca de 30% mais leve que os vidros convencionais. As peças do carro com a proteção foram desenvolvidas em parceria com a Corning.

Corning anuncia o Gorilla Glass 4, com proteção mais resistente a quedas

A principal vantagem de ter um para-brisa com esse material é a redução do peso no alto da carroceria, uma vez que é mais leve que os materiais tradicionais. O vidro híbrido Gorilla Glass é 25% a 50% mais fino e tem uma resistência igual ou maior que um laminado tradicional. Ou seja, mede 3 a 4 mm, contra 4 a 6 mm do convencional.

"O Gorilla Glass híbrido é um ótimo exemplo de como a Ford trabalha com os fornecedores para inovar em todas as áreas do negócio", diz Hau Thai-Tang, vice-presidente de Compras Globais da Ford. "O Ford GT traz grandes inovações em desempenho e baixo peso e estamos empolgados em explorar outras aplicações dessa nova tecnologia."

O termo "híbrido" do para-brisa é por causa do seu design. O componente do carro é como um sanduíche de duas camadas de vidro temperado coladas através de um agente termoplástico transparente.

"Durante o desenvolvimento, testamos diferentes combinações de vidro até encontrar a que trouxe a redução de peso e a durabilidade necessárias para essa aplicação. Contrariando um pouco a intuição, aprendemos que a camada interna mais rígida é a chave para o sucesso do para-brisa híbrido." 

- Paul Linden, engenheiro de carroceria da Ford

A Corning, líder em tecnologia de materiais, lançou em 2007 o Gorilla Glass, um vidro leve e resistente usado em smartphones.

Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.