Jovem é preso por usar 57 contas do Twitter para recrutamentos para o ISIS

 Um jovem de 19 anos foi preso no estado da Pensilvânia por utilizar a internet para recrutar simpatizantes para o ISIS, o Estado Islâmico do Iraque e do Levante. Para conseguir novos recrutas para a causa jihadista, Jalil Ibn Ameer Aziz utilizava um total de 57 contas no Twitter  para divulgar propaganda do grupo e buscar novos membros.

Apesar do Twitter tomar medida contras as contas de Aziz, por conta das mensagens de ódio que iam contra as políticas de uso da plataforma, assim que o serviço suspendia uma conta ele criava uma nova e voltava a disseminar mensagens de ódio contra militares americanos. Outro grupo a entrar em ação contra as contas propagandistas da causa do ISIS foi o Anonimous, porém não parece ter sido muito eficiente.

O jovem jihadista vivia com os pais, e havia acumulado armamentos. A polícia americana afiram ter encontrando uma mochila com quatro fuzis M4 com cartuchos de alta capacidade de munição e uma faca de cozinha. Ontem o dono de uma pizzaria no estado de Nova Iorque se declarou culpado de recrutar simpatizantes para o ISIS. Ele utilizava o Whatsapp, 23 contas do Facebook e o Twitter para se comunicar e divulgar propaganda do Estado Islâmco.

{via}Gizmodo|http://gizmodo.com/teen-arrested-for-using-57-twitter-accounts-to-recruit-1748598859{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.