Upgrade na BIOS pode tornar possível ganhos de até 1GHz no clock de modelos "não-K" da linha Skylake

Uma simples atualização na BIOS pode fazer com que processadores mais básicos da linha Skylake se tornem capazes de receber ganhos na frequência do clock sem trazer problemas de estabilidade. Os modelos que não têm o "K" no nome têm o multiplicador travado, mas a novidade pode somar o efeito de até 1GHz de overclock com base em mudanças no blck.

A notícia está sendo divulgada pelo overclocker Dhenzjhen, que conseguiu alcançar incríveis 4955MHz num Core i3 6320 (usando LN2 para o resfriamento). Isso representa um overclock de 27% sobre a frequência regular de 3,9GHz deste processador. Isso aconteceu mexendo no blck do componente, passando ele de 100MHz para 127, o que foi possível depois desse upgrade (não-público) da BIOS. Ou seja, em vez de mexer no multiplicador do clock, ele mexe na base e o resultado continua sendo o mesmo, permitindo overclocks bem mais interessantes num modelo mais básico do Intel Skylake.

Isso é possível porque processadores Skylake fora da "linha K" têm seus multiplicadores travados e fabricantes de placas-mãe não podem contornar essa especificação. Ficar mexendo no blck do componente poderia trazer problemas de estabilidade para o sistema, mas esse não é mais o caso porque essa geração de processadores não "prende" sua frequência base a outras partes do sistema, como o bus do PCIe, por exemplo. Então, um simples update na BIOS pode permitir que os usuários mexam no clock base em vez do multiplicador travado de seus processadores "não-K" tendo ganhos expressivos em sua velocidade. Segundo o Guru3D, a Asus, a AsRock e a SuperMicro já estariam trabalhando em updates para tornar isso possível. É importante lembrar, entretanto, como o próprio site lembra, que a Intel pode optar por barrar esses updates, já que essa classe de processadores nunca foi voltada para o overclock.

{via}Guru3D|http://www.guru3d.com/news-story/add-1-ghz-tweak-on-non-k-model-skylake-processors-after-bios-upgrade.html{/via} 

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.