Pesquisadores criam dispositivo capaz de controlar carro através de ondas cerebrais

Pesquisadores da Universidade de Nankai, na China, desenvolveram uma tecnologia que permite que um veículo possa ser controlado através do cérebro humano. Isso acontece através de um equipamento que é colocado na cabeça do motorista. Essa ferramenta possui 16 sensores que faz um encefalograma (basicamente, um mapeamento da atividade cerebral) e reconhece as intenções da pessoa, repassando o comando para o sistema do veículo.

Esses comandos funcionam em conjunto com um programa de computador desenvolvido para traduzir as ordens e controlar o carro. Neste vídeo da agência de notícias Reuters, um motorista - usando o headset de leitura cerebral, é capaz de mover o veículo para a frente, para trás, travar e destravá-lo mesmo enquanto está sentado no banco de trás.

A partir de hoje, carros da Tesla podem dirigir de maneira autônoma 

"Há dois pontos de partida deste projeto. O primeiro deles é o de proporcionar um método de condução sem usar as mãos ou os pés para as pessoas com deficiência que são incapazes de se mover livremente. E, segundo, para proporcionar às pessoas saudáveis ​​com um modo de condução novo e mais intelectualizado", disse o pesquisador Zhang Zhao.

 

"No final, carros com ou sem motoristas são máquinas para servir para as pessoas. Sob tais circunstâncias, as intenções das pessoas devem ser reconhecidas. Em nosso projeto, tentamos fazer com que os carros se tornem ainda mais úteis para os seres humanos."

- Duan Feng, um dos professores responsáveis pela pesquisa

A pesquisa ainda está em desenvolvimento. No entanto, não houve qualquer menção sobre se o carro ou essa tecnologia se tornará uma realidade futuramente.

{via}Tech Times|http://www.techtimes.com/articles/114820/20151209/chinese-researchers-develop-mind-controlled-car-works-brain-sensors.htm{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.