Por causa do tamanho, Final Fantasy VII Remake será lançado em episódios

A Square Enix lançou um trailer com gameplay de "Final Fantasy VII Remake" esta semana e se você não ficou contente com o tamanho da pancada, o estúdio também anunciou que o game será vendido em partes. O motivo da decisão seria o tamanho do game: a história de Cloud é tão grande e complexa que será necessário dividí-la para nada ser cortado do jogo.

Em entrevista ao Dengeki OnlineTetsuya Nomura, diretor do game, deu alguns detalhes sobre o lançamento dividido no game. "Se fosse apenas um lançamento, teríamos que pegar algumas coisas e colocar em uma compilação curta. Teríamos que cortar algumas partes, e outras ficariam em menor escala, então ao invés de fazer o remake como um volume único, decidimos fazê-lo em vários capítulos".

O produtor Yoshinori Kitase também comentou sobre o game, dizendo que a densidade dos cenários foi um dos motivos para o lançamento episódico.

"A ideia de que um remake de 'Final Fantasy VII' não se encaixaria em um único lançamento estava lá desde o início. Como pode se ver no trailer, mostramos o Sector 1 e Sector 8, mas só nestas áreas já existe bastante densidade. Quando você está retrabalhando a versão original por completo neste nível de qualidade, não é possível colocar tudo isso em um lançamento só"

- Yoshinori Kitase, produtor de Final Fantasy VII Remake 

 Ainda não existem muitos detalhes de como será a divisão, quantas espisódios serão e se cada um será vendido separadamente, como em "Life is Strange", um dos últimos sucessos episódicos da Square Enix.

Alguns rumores que circulam na internet apontam que cada parte será independente, mas com ligações com as outras partes. Levando em conta o fator monetário, podemos considerar esta uma grande possibilidade, afinal, por quê vender um Final Fantasy se você pode vender sete?

Outro ponto que gerou polêmica entre os fãs saudosistas foi o sistema de combates em tempo real, deixando o sistema de turnos para o port que foi lançado no PS4 e já está no PC. Na entrevista ao Dengeki Online, Tetsuya Nomura disse que as lutas serão rápidas e velozes, mas não tanto quanto em outros RPGs da companhia, como "Kingdom Hearts III" e "Dissidia Final Fantasy".

O produtor Yoshinori Kitase também disse que, por ser uma Remake, o game contará com mudanças na história, acrescentando e retirando algumas partes presentes no jogo original. O produtor também ressaltou que todas as imagens mostradas no trailer da PlayStation Experience, que pode ser visto acima, foram capturadas no motor gráfico em que o game está sendo feito, a Unreal Engine 4.

A data de lançamento de "Final Fantasy VII Remake" ainda não foi revelada, mas até lá, com certeza muitas polêmicas vão rolar. O game será lançado primeiro no PS4 e uma versão para PC também será desenvolvida.

{via}Eurogamer|http://www.eurogamer.pt/articles/2015-12-07-final-fantasy-viii-remake-sera-lancado-em-varios-jogos|Kotaku|http://kotaku.com/why-the-final-fantasy-vii-remake-will-be-split-up-1746598619{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.