Entenda como o motor gráfico de Just Cause 3 confere liberdade total ao jogador neste novo vídeo

O Avalanche Studios divulgou mais um vídeo do game de ação e aventura em mundo aberto, Just Cause 3. Desta vez, o trailer é mais um diário de desenvolvedores, que explica como eles utilizaram o motor gráfico proprietário da empresa em conjunto com ferramentas como o Havok Destruction para dar o que consideram ser "liberdade total" para o jogador.

"Um dos momentos mais frustrantes nos games é quando você tem essa ideia incrível na sua cabeça e você aperta o botão e diz: 'essa ideia incrível deveria ter sido executada aqui'. Mas aí o jogo está no meio de uma animação ou decide que você deveria estar fazendo outra coisa", explica Roland Lesterlin, diretor do game.

De acordo com ele, a equipe gastou muito tempo e muitas tecnologias tentando fazer com que Just Cause 3 passe a sensação de que, não importa o botão que o jogador aperte, o jogo vai responder da maneira que deveria, na hora que deveria.

Outra tecnologia que deve representar um grande avanço em relação a Just Cause 2 é a Havok Destruction. Ela é uma extensão da Havok Physics que lida com objetos quebrando. Como o novo game da Avalanche está entre os primeiros a adotarem a mais nova versão da tecnologia, espera-se que o sistema de destruição possa surpreender os jogadores.

Just Cause 3 será lançado na semana que vem, no dia 1º de dezembro, uma terça-feira. O game chega para PlayStation 4, Xbox One e PC. No console da Sony, ele rodará a 1080p, enquanto no Xbox One será a 900p. Quem se interessar pela versão PC, pode conferir no vídeo abaixo o game rodando com tudo no máximo na resolução 4K.

{via}Gamespot|http://www.gamespot.com/articles/new-just-cause-3-video-highlights-player-freedom-i/1100-6432528/{/via} 

 

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.