Serviço de streaming pirata Popcorn Time foi morto por ação legal movida por estúdios de Hollywood

O principal aplicativo do Popcorn Time foi derrubado no final de outubro e, segundo a Variety, os culpados pela queda do serviço foram os estúdios de Hollywood. De acordo com a revista, a Motion Picture Association of America, MPAA, moveu uma ação legal contra os donos do popcorntime.io no começo de outubro, alegando que eles "induziam a quebra de direitos autorais e distribuíam séries e filmes ilegalmente via aplicativo".


Site de compartilhamento de filmes YTS também foi derrubado por ação legal da MPAA

Além disso, a MPAA também processou e derrubou o site YTS, um dos maiores servidores de filmes piratas da internet. A entidade que defende os estúdios de Hollywood descobriu que os maiores servidores do serviço pirata ficavam na Nova Zelândia e, após mover uma ação legal, conseguiu tirar o site do ar.

"Popcorn Time e YTS eram plataformas ilegais e existiam por apenas uma razão: distribuir cópias de filmes e séries de TV sem compensar as pessoas que trabalharam para fazê-las" 

 Depois da queda do seu serviço principal, os criadores do Popcorn Time estão tentando andar na linha e já anunciaram um novo serviço de streaming, o Butter. A plataforma vai funcionar da mesma forma que o Popcorn Time, porém, utilizando apenas filmes e séries livres de direitos autorais.

- Continua após a publicidade -

{via}Variety|http://variety.com/2015/digital/news/popcorn-time-yts-shut-down-mpaa-wins-injunctions-1201632595/{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.