Download do Windows 10 passa a ser automático para usuários do Windows 7 e 8.1

Quando a Microsoft lançou o Windows 10 no início deste ano, milhares de usuários decidiram pela atualização, que foi disponibilizada gratuitamente. Embora o novo Windows já esteja em mais de 110 milhões de dispositivos, a Microsoft planeja tornar sua distribuição mais agressiva e o download do novo sistema vai se tornar automático.

Usuários reclamam que o upgrade para o Windows 10 está se instalando sozinho

Segundo a empresa, o Windows 10 passará a ser uma "atualização recomendada" do sistema operacional. Isso significa que o processo de atualização do Windows 10 irá baixar e iniciar automaticamente em milhares de dispositivos. "Um usuário terá a opção de instalar o Windows 10", explica Terry Myerson, chefe do Windows e dispositivos da Microsoft. "Eles terão a opção no PC para atualizar para o Windows 10 ou podem optar por não atualizar."

O Windows 10 será baixado automaticamente e somente depois irá iniciar o processo de atualização, dependendo de suas configurações do Windows Update. Você pode optar, depois que ele já estiver baixado, por sair e não receber prompts de atualização. Ou seja, a Microsoft propõe uma "reserva", que seria o download automático para depois você decidir se quer executar o update ou não. Os usuários do Windows 7 e Windows 8.1 que quiserem evitar o pesado download em vão (caso não queriam atualizar) terão que desativar as atualizações automáticas para impedir que o instalador do Windows 10 baixe o sistema automaticamente.

Como atualizar para o Windows 10

- Continua após a publicidade -

A Microsoft também está fazendo algumas alterações destinadas para resolver os problemas de software piratas que tentam a atualização. "Se você tentar atualizar um PC com Windows pirata para o Windows 10, o próprio sistema dirá que está disponível apenas para PCs licenciados", diz Myerson.

A empresa vai oferecer uma oportunidade para usuários não licenciados obterem uma licença do Windows original pela Windows Store de maneira rápida, mas, obviamente, não será uma atualização gratuita. Quem usa o sistema pirata terá que comprar a licença genuína para depois prosseguir com a atualização.

Essa mudança na abordagem da Microsoft é uma estratégia para alcançar 1 bilhão de dispositivos que possuem o Windows 10. Em um comunicado oficial, a companhia disse que "A nossa aspiração é que os clientes escolham o Windows e amem o Windows."

{via}The Verge|http://www.theverge.com/2015/10/29/9639414/microsoft-windows-10-automatic-update-recommended{/via} 

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.