Xiaomi perde a liderança do mercado de smartphones na China para a Huawei

Parece que a Xiaomi perdeu o seu trono no cobiçado mercado chinês e a Huawei e a nova dona do mercado de smartphones no país. De acordo com a analista de mercado Canalys, a Huawei teve um aumento de 81% nas suas vendas no último trimestre, enquanto a Xiaomi registrou sua primeira queda no país.

A Canalys ainda não divulgou os resultados do último trimestre fiscal das empresas, mas a disputa estava acirrada entre as duas fabricantes chinesas no último relatório, divulgado em agosto. No segundo trimestre de 2015, a Xiaomi era dona de 15,9% do mercado chinês, enquanto a Huawei mantinha a segunda posição de vendas no país, com 15,7%. No período, a terceira empresa que mais vendia na China era a Apple, mas a analista não divulgou o desempenho da empresa de Cupertino na China neste trimestre.

A Canalys usa como método de estudo o número de aparelhos entregues em vez de contabilizar apenas os vendidos, o que a Xiaomi acha injusto. A companhia, que tem como um dos comandantes Hugo Barra, tem como principal canal de venda suas lojas online e não possui muitas parcerias no varejo, o que acabaria interferindo no resultado da análise.

A Xiaomi chegou ao Brasil este ano e seu principal dispositivo no país é o Redmi 2, que está competindo no acirrado segmento intermediário. A Huawei está aproveitando seu bom momento e lançou recentemente o Nexus 6P, novo smartphone high-end da linha de dispositivos do Google.

{via}Canalys|http://www.canalys.com/newsroom/xiaomi-becomes-china%E2%80%99s-top-smart-phone-vendor{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.