LG e General Motors estão trabalhando juntos no totalmente elétrico Chevrolet Bolt

A LG e a General Motors anunciaram que estão trabalhando em parceria no desenvolvimento de um novo crossover totalmente elétrico, o Chevrolet Bolt. A escolha da montadora pela LG reside na conhecimento que a empresa coreana possui em tecnologias de bateria de íons de lítio – como as que foram utilizadas no Chevrolet Volt, híbrido lançado em 2012.


Chevrolet Volt 2016 será o primeiro trazer o novo  modelo de bateria veicular de íons de lítio da LG

O novo Bolt também utilizará bateria de íons de lítio, que segundo estimativas da Chevrolet deve garantir autonomia de até 200 milhas (320 km). A tecnologia logicamente apresentou evoluções nos últimos 3 anos e chegará ao mercado primeiramente no ano que vem, com a segunda geração do Chevrolet Volt, que novamente terá propulsão híbrida.

  

Enquanto isso, o Bolt deverá ser lançado apenas em 2017, com um custo estimado de US$ 30 mil (R$ 120 mil numa conversão direta da cotação atual). Como resultado da parceria, o crossover elétrico vai trazer uma série de componentes fabricados pela LG, incluindo um carregador onboard, células de bateria, aquecedor de bateria e o sistema de infotainment. A LG também vai fabricar baterias para Audi, Ford e algumas outras montadoras.

- Continua após a publicidade -

{via}The Wall Street Journal|http://www.wsj.com/articles/lg-electronics-to-be-key-supplier-for-gm-bolt-1445377888|Engadget|http://www.engadget.com/2015/10/20/gm-lg-chevy-bolt/{/via}

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Devem existir lançamentos de chips com melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.