Apple é condenada a pagar indenização por violar patente de processadores em seus iPads e iPhones

O tribunal federal dos Estado Unidos condenou a Apple a pagar mais de US$ 234 milhões por infringir uma patente de tecnologia que pertencia à uma fundação da Universidade de Wisconsin. Segundo a fundação, a empresa utilizou uma tecnologia patenteada em 1998 pela Universidade em processadores usados em vários modelos de iPads e iPhones. Os processadores patenteados seriam seus A7, A8 e A8X.

Apple reajusta valor de produtos no Brasil; alguns preços mais que dobraram

O processo começou em 2014 quando a Universidade entrou com uma ação contra a Gigante de Cupertino, e nesta sexta-feira o júri da corte de Wisconsin deu razão à fundação, aplicando a sentença. A indenização seria inicialmente de US$ 862,4 milhões, mas o juri reduziu pelo menos quatro vezes o seu valor alegando que "não houve violação intencional por parte da Apple".

Agora você pode transar com seu iPad 

A fundação também processou a Intel em 2008 por causa dessa mesma patente e o caso foi resolvido no ano seguinte com um valor aproximado de US$ 110 milhões. Enquanto isso, a Apple anunciou que vai recorrer ao veredito, mas não ofereceu mais informações sobre o assunto.

{via}Exame|http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/apple-e-condenada-a-pagar-us-234-mi-por-quebra-de-patente{/via}

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.