Volkswagen tem novo software de controle de emissões de diesel sob avaliação da EPA

Para evitar mais prejuízo ainda com a EPA encontrando softwares duvidosos em seus veículos, a Volkswagen decidiu admitir nessa semana que ela tem um novo programa nos modelos para 2016 que pode ser considerado irregular pela agência ambiental norte-americana. A montadora de carros, porém, afirma que este software é diferente do "defeat device" que ela usou para enganar o teste da agência para emissões de veículos a diesel.

O programa em questão se chama "dispositivo auxiliar de controle de emissões", que serve para aquecer rapida[mente o sistema de captura óxidos de nitrogênio nocivos, para que eles não sejam jogados no ambiente. Esse aquecimento, para que ele funcione melhor, normalmente não se configuraria como uma irregularidade, mas se ele só ocorrer enquanto estão sendo feitos os testes oficiais e não em condições normais de dirigibilidade, a EPA o consideraria trapaça.

"Nós temos uma longa lista de perguntas para a VW a respeito disso. Nós estamos recebendo algumas respostas deles, mas nós não temos todas as respostas ainda."
Janet McCabe, administradora assistente da EPA

A entrada da linha 2016 de veículos da Volkswagen nos Estados Unidos já havia sido aprovada pela EPA, mas a autorização foi suspensa depois do escândalo do "defeat device". Agora será necessária a averiguação deste novo software antes da liberação ser feita novamente, enquanto a montadora continua sofrendo prejuízo. Aparentemente, a agência regulatória não foi convencida pela empresa ter revelado voluntariamente a existência do programa, uma vez que ela só fez isso depois de já ter ficado em "maus lençóis" devido à trapaça descoberta.

- Continua após a publicidade -

{via}Associated Press|http://bigstory.ap.org/article/5c7a66fe0bd448f999b2c59379622488/2016-vw-diesels-have-new-software-affecting-emissions-tests#overlay-context={/via}

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.