BGS 2015: Brasileira Laura é substituta digna de Blanka em Street Fighter V

Durante a Brasil Game Show 2015, tivemos a oportunidade de jogar "Street Fighter V" e testar a jogabilidade da personagem Laura, a "surpresa" da Capcom na feira. Abaixo vocês acompanham as impressões sobre a lutadora brasileira, que é uma excelente substituta de Blanka para representar o nosso país no game. 

GamesCom 2015: Street Fighter V tem lutas
intensas com boas novidades na mecânica

A começar pelo design, Laura abusa dos atributos físicos e estéticos para chamar atenção: cabelos negros volumosos (e tranças) e voluptuosidade nos seios e no "pandeiro". Não chega a ser demasiadamente apelativo, mas não tem como não perceber; afinal, ocupam boa parte dos ângulos mais oportunistas em que a a lutadora aparece durante as cenas de apresentação antes das batalhas e dos ataques especiais. As vestimentas, na cor verde com listras amarelas, lembram uma combinação de Capoeira com Jiu-Jitsu. E esse é exatamente o estilo de combate de Laura.


Jiu-Jitsu no comando

- Continua após a publicidade -

Laura abusa dos ataques físicos numa combinação de socos e chutes que alcançam curtas, médias e longas distâncias, dependendo se o botão usado para executar o ataque é o seu correspondente mais fraco, médio ou forte. Essa proposta é bastante interessante para manter a aguarda segura ao mesmo tempo em que arrisca uma aproximação mais cautelosa, sempre na oportunidade de surpreender no alcance de um ataque surpresa.

Isso é potencializado pelo seu V-Skill e V-Trigger, que temporariamente aumentam sua velocidade e conferem o elemental elétrico a todos os seus ataques. Questionei o assessor da Capcom que nos acompanhou durante os testes e ficamos sem saber se Laura tem algum grau de parentesco ou algum contato com Blanka, justamente pela influência da eletricidade nos seus ataques. A lutadora ainda pode lançar um projétil elétrico que vagamente lembra o tradicional hadouken, podendo carregá-lo a até três níveis, abrindo um leque de opções que facilita a realização de combos. 


Rio de Janeiro em SF V 

O cenário brasileiro em "Street Fighter V" também é bem bacana. O foco é o Rio de Janeiro, e todas as principais características que fazem a cidade ser conhecida mundialmente estão no jogo: sambistas dançado, um garoto brincando uma bola de futebol, uma tucano sobrevoando a arena de combate, um bondinho de transporte estacionado, comerciantes vendendo frutas nos arredores, fiações de luz cortam a tela, favelas ao fundo, a Escadaria do Convento de Santa Teresa, na Lapa, e a Taça da Copa do Mundo no lugar do Cristo Redentor. A localização reflete a diversidade cultural e econômica da cidade.     

- Continua após a publicidade -

A BGS 2015 acontece até 12 de outubro. E "Street Fighter V" tem lançamento previsto para o começo do ano que vem, com versões para PC e Playstation 4

Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.