A Apple é um culto e suas lojas seriam os templos, afirma professora da NYU

Uma professora da Universidade de Nova Iorque (NYU), especializada em história cultural, afirmou que a Apple é "tão obviamente" um culto e que as lojas da empresa seriam seus templos. A comparação veio num tour que ela fez por uma das Apple Store em Manhattan, onde ela explicou em detalhes para o Atlas Obscura o porquê de sua afirmação.

Erica Robles-Anderson é especializada no estudo do papel da mídia tecnológica na produção do espaço público e, recentemente, tem se voltado para como as igrejas fazem este uso. "Nós esquecemos que as catedrais eram, basicamente, tecnologia de ponta. As pessoas têm usado a tecnologia por um longo tempo para falar com os deuses para criar experiências coletivas do sublime."

Hoje em dia a tecnologia tem um sentido mais prático e individual, mas Robles-Anderson acredita que ainda há um ritual de comunidade por trás do aparecimento de cada nova tecnologia. O computador, por exemplo, quando começou a ganhar as casas dos usuários ainda era algo que precisava ser compartilhado pela família. Segundo a estudiosa, a Apple teve um sucesso em criar um senso que é, ao mesmo tempo, individual e de comunidade no uso do iPhone, porque as pessoas têm um aparelho que é pessoal, mas ainda assim é um aparelho que a comunidade tem em comum. "Eles passam um sentimento icônico, como um emblema do pessoal. Ainda assim, é um culto. Certo? É tão obviamente um culto".

Não só no senso de comunidade da tecnologia, mas a estudiosa também enxerga a replicação do sentimento de culto na própria arquitetura das lojas da Apple, em seu senso de grandiosidade e espaços abertos, fazendo comparações com práticas de comunidades antigas, criando-se um espaço que enfatiza a pequenez das pessoas quando elas entram. A análise detalhada da professora está disponível no artigo da Atlas Obscura, neste link

- Continua após a publicidade -

{via}Atlas Obscura|http://www.atlasobscura.com/articles/we-asked-a-cultural-historian-are-apple-stores-the-new-temples{/via} 

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.