Crianças estão preferindo jogar em dispositivos móveis e migram de PCs e consoles

O computador sempre foi a plataforma dominante para as crianças que começam a jogar e descobrir o mundo dos games, mas a nova geração está saindo do PC e migrando para os dispositivos móveis. Atualmente, os smartphones e tablets são os dispositivos mais populares e mais usados entre crianças e jovens de 2 a 17 anos, de acordo com uma pequisa recente realizada pelo NPD Group, companhia de pesquisa e marketing.

A pesquisa chamada de "Kids and Gaming 2015" revela que 63% das crianças nessa faixa etária escolheram smatphones e tablets como porta de entrada para jogos. Ainda do total de crianças entrevistadas, ao menos 45% ainda usa o computador de casa para jogar. Os consoles também tiveram uma queda na preferência, e se mantém popular na faixa etária de 9 a 11 anos (41%).

Segundo o NPD Group, a principal mudança não foi a questão de preferência, e sim, o tempo que essas crianças gastam jogando em dispositivos móveis, consoles ou PCs. Quando entrevistadas, 41% das crianças admitiu passar mais tempo jogando em smartphones e tablets do que passavam no ano passado, somando pouco mais de 6 horas semanais. Com isso, houve uma queda no tempo em que cada criança gasta para jogar em outras plataformas.

"A maior surpresa da pesquisa de 2015 foi que as crianças estão saindo do computador. No passado, o PC era considerado o ponto de entrada para crianças no mundo dos games, mas os jogos mudaram e com isso os mobiles tomaram a posição do PC. Isso pode ter ocorrido também pela influência dos pais, que no cotidiano usam dispositivos mobile para fazer tarefas que são, originalmente, destinadas ao PC".

- Liam Callahan, analista do grupo NPD

 

- Continua após a publicidade -


Apesar disso, o maior gasto médio dessas crianças é com jogos de mídia física. A quantidade de dinheiro gasto em jogos físicos foi em média US$ 27,00, enquanto em mídias digitais foi de US$ 13,00 (US$ 5,00 a mais do que ano passado). Também foi revelado que os meninos são mais propensos a gastar com games, sendo US$ 54,00 para eles contra US$ 36,00 gastos pelas meninas. Curiosamente, o gasto médio em apps de games somente em dispositivos móveis é o mesmo para ambos.  

{via}CNet|http://www.cnet.com/news/kids-now-pick-mobile-devices-over-pcs-consoles-for-gaming-npd-group/#ftag=CAD590a51e{/via} 

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.