Xiaomi lança serviço de telefonia móvel na China

A Xiaomi não se contentou em ser uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo e, ontem, lançou na China um serviço de telefonia móvel. A partir de agora, os chineses poderão comprar um chip da Xiaomi, que possui dois planos de dados: um pós pago mensal com 3 GB de franquia de internet e conexão 4G, que custa 59 yuan (U$9,25), ou então um modo pré-pago, onde o usuário paga  0.10 yuan (US$0.02) por cada mensagem, chamada ou MB de dados utilizados.

Os serviços da Xiaomi irão operar em redes 2G, 3G e 4G, que serão alugadas de gigantes das telecomunicações do país, como a China Unicom, China Mobile e China Telecom. Por enquanto, a Mi Mobile é apenas uma MVNO, operadora de telefonia móvel, mas a empresa pretende lançar um serviço de telecomunicação totalmente independente no futuro.

O mercado de telecomunicações no país é dominado pelas gigantes citadas acima. A China Mobile possui 800 milhões de usuários, a China Unicom beira as 300 milhões assinaturas e a China Telecom conta com 200 milhões de usuários. As três operadoras juntas somam 1.3 bilhões de usuários, em um país com a população de 1.37 bilhões de pessoas.

 Para conseguir espaço nesta área já dominada, a Xiaomi deve oferecer um serviço de qualidade e ganhar um pouco de espaço. O plano pré-pago da Xiaomi já está disponível na China e a assinatura mensal chegará em outubro. As inscrições só podem ser feitas online. Por enquanto, não existem planos da Xiaomi de expandir o serviço para fora da China.

{via}Phone Arena|http://www.phonearena.com/news/Xiaomi-to-launch-its-own-wireless-carrier_id73948{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.