Volkswagen é acusada de trapacear em teste de emissões e deve fazer recall de 500.000 veículos

A Volkswagen será obrigada a realizar o recall de 482.000 carros movidos a diesel, inclusive da marca Audi, depois de ter sido acusada de usar um software especial para burlar o teste oficial de emissões para conseguir a aprovação desses veículos. A ordem vem do governo dos EUA, pela Agência de Proteção Ambiental (EPA - sigla em inglês).

A EPA afirma que a Volkswagen instalou em seus veículos de 4 cilindros (com modelos de 2009 a 2015) um programa conhecido como "defeat device", criado especialmente para burlar os testes de emissão de gases. O software seria capaz de detectar quando um automóvel está sendo submetido a um teste oficial e ligar por completo os sistemas de controle de emissões, reduzindo assim a liberação dos óxidos. Em situações de uso normal dos carros, esses controles seriam desligados, aumentando em até 40% a emissão dos gases, passando em muito o máximo estipulado pela EPA. Com os controles de emissão desligados, o carro conseguiria mais performance, o que serve como ponto de venda para os clientes.

"Usar um "defeat device" nos carros para escapar dos padrões de limpeza do ar é ilegal e uma ameaça à saúde pública. Trabalhando junto com a Mesa para Recursos do Ar da Califórnia, a EPA está comprometida em assegurar que todos os fabricantes de automóveis joguem com as mesmas regras. A EPA vai continuar a investigar essas sérias violações."
Cynthia Giles, administradora assistente da EPA.

Segundo o repórter especializado, Ryan Beene, além do recall dos veículos, a multa para a Volkswagen pode alcançar até US$ 18 bilhões.

- Continua após a publicidade -

{via}New York Times|http://www.nytimes.com/2015/09/19/business/volkswagen-is-ordered-to-recall-nearly-500000-vehicles-over-emissions-software.html?hp&action=click&pgtype=Homepage&module=first-column-region®ion=top-news&WT.nav=top-news&_r=1{/via} 

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.