[Rumor] Nvidia Pascal será fabricada pela TSMC em 16nm e trará até 16GB de memória HBM

Rumores correm sobre quem iria fabricar a próxima geração de chips da Nvidia, com os nomes da TSMC e Samsung aparecendo como potenciais fabricantes. Informações divulgadas pelo site Business Korea afirmam que a sul-coreana perdeu a disputa, o que significa que as próximas placas da Nvidia devem ser feitas nos 16 nanômetros FinFet da TSMC.

Os rumores atuais indicam que as primeiras placas de vídeo chegam no segundo trimestre de 2016, equipadas com o chip G100, já com os transistores em 16nm FinFet, porém a memória segue como a tradicional GDDR5. Mais tarde chegariam modelos baseados no G104, voltados ao mercado mainstream, assim como placas com memórias HBM.

A Nvidia estreia uma placa com as memórias de grande largura de banda a partir de segunda geração, a HBM 2. A nova geração reduz restrições de quantidade de memória disponível, sendo que rumores indicam que a Nvidia deve trazer seu modelo topo de linha com 16GB de memória HBM. Outro destaque das placas Pascal é a tecnologia NVLink, que promete largura de banda muito superior na comunicação entre CPU e GPU e inclusive entre GPUs. Ao invés do tradicional PCIe e seus 16 GB/s, o NVLink promete até 80 GB/s.

Os efeitos da troca de litografia são bastante aguardados, já que as placas de vídeo estão estabilizadas nos 20 nanômetros já faz algum tempo. Os 16 nanômetros FinFet+ da TSMC prometem ganho de performance de 65%, aumento de densidade de até 2x e 70% menos perda de energia, comparado ao processo de fabricação em 28nm.

A Samsung tem muito a lamentar com a perda desse potencial cliente, sendo que a Nvidia é o principal "player" em uma indústria dos chips gráficos que, segundo estimativas, gira aproximadamente 19 bilhões de reais por ano.

- Continua após a publicidade -

{via}WCCFTech|http://wccftech.com/nvidia-pascal-gpu-manufactured-tsmc-16nm-ff-node-flagship-single-chip-card-feature-16-gb-hbm2-vram/#ixzz3lu2hYef6{/via} 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.