Bug no sistema do Whatsapp deixou informações de 200 milhões de usuários vulneráveis

Mais de 200 milhões de usuários do Whatsapp correram risco de fraudes eletrônicas por causa de um bug no aplicativo. Segundo a Check Point, empresa responsável pela segurança de informações, apenas a versão para Web ficou vulnerável a hackers. Desde que o Whatsapp foi comprado pelo Facebook por US$ 16 bilhões no começo de 2014, a base de usuários do app de mensagens mais do que dobrou, atingindo 900 milhões de usuários ativos em setembro.

No dia 21 a Check Point notificou o problema e em menos de uma semana disponibilizou uma atualização do aplicativo para corrigir a falha. O que causou o bug foi o modo como o aplicativo utiliza o formato vCard para enviar as mensagens. Isso deixou espaços para que hackers enviassem falsos vCards com malwares e outros programas maliciosos. Especialistas recomendam que as pessoas atualizem o aplicativo para a versão mais recente par evitar o problema.

Funcionários da NET são acusados de assediar clientes pelo Whatsapp 

Os vCards podem conter informações como nome, endereço, números de telefone e endereços de email, URLs, logos, fotografias, etc. Os vCards normalmente são anexados nas mensagens.

{via}O Globo|http://oglobo.globo.com/sociedade/tecnologia/falha-no-whatsapp-web-coloca-200-milhoes-de-usuarios-em-risco-17439416{/via}

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.