Tim quer que 79% da população urbana tenha acesso à rede 4G até o final de 2017

A Tim tem como meta distribuir 15 mil antenas e entregar o sinal 4G a 79% da população urbana até o fim de 2017. Para isso, a empresa fechou um acordo de R$ 2 bilhões com a Ericsson, Huawei e Nokia e vai investir não só na expansão da rede LTE como na infraestrutura da rede 3G, que ainda não cobre 100% do território nacional. Válido por três anos (2015-2017), o acordo também prevê a instalação de mais Small Cells, que são aquelas antenas pequenas que ampliam o sinal, e a expansão das chamadas redes heterogêneas (HetNets), que combinam diversos tipos de acesso móvel, como pontos WiFi, FemtoCells e Biosites.

Para esse ano, a meta é cobrir mais de 50% das áreas urbanas com a rede mais recente de dados. De acordo com o Diretor de Suprimentos e Supply Chain da Tim Brasil, Daniel Hermeto, no primeiro trimestre de 2015 a Tim investiu quase R$1 bilhão em infraestrutura, priorizando a ampliação das redes 3G e 4G. De acordo com dados de julho da consultoria Teleco, a operadora oferece o sinal em 74 cidades. Ela está atrás da Vivo (152 cidades) e da Claro (142). A Oi aparece por último, com 45 cidades.

Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.