Mesmo depois do hack, dono do Ashley Madison afirma que site continua crescendo

Parece que o vazamento de informações de mais de 30 milhões de contas do Ashley Madison não diminuíram a força do site no campo da traição online. Segundo um comunicado da Avid Life Media, responsável pela rede social, milhares de novos usuários se inscreveram na plataforma na semana passada. Os donos da companhia também negaram as acusações de que 99% dos perfis de mulheres no site eram falsos ou inutilizados.

"Apenas na semana passada, mulheres enviaram mais de 2.8 milhões de mensagens na nossa plataforma. As recentes reportagens da mídia sobre a decadência do Ashley Madison são exageradas. Apesar do ataque ao nossos clientes e consumidores, nós estamos crescendo"
- Comunicado da  Avid Life Media

Em julho, um grupo de hackers conhecido como Impact Team invadiu o site de relacionamentos extraconjugais e vazou informações de cerca de 30 milhões de usuários, o que dá, praticamente, todos os membros da rede social.

O site ganhou bastante destaque na mídia pela falta de segurança e oferecer uma recompensa milionária pela identidade dos hackers, porém, é difícil acreditar no crescimento da companhia depois deste escândalo.

Na semana passada, foram registrados quatro processos contra o Ashley Madison nos Estados Unidos e Canadá. Além disso, dois suicídios e uma série de crimes de extorsão envolvendo clientes da rede social da traição também estão sendo investigados nos dois países.

- Continua após a publicidade -

O Brasil possui um número considerável de usuários no Ashley Madison, mas nenhuma ação legal contra a Avid Life Media ou possíveis crimes e mortes ligados ao site foram registrados no país.

{via}Reuters|http://www.reuters.com/article/2015/08/31/us-ashleymadison-cybersecurity-idUSKCN0R01CS20150831?feedType=RSS&feedName=technologyNews{/via}

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.