Porta-voz da Intel e CEO da Asus confirmam "escassez" de chips Skylake no mercado

Na sexta-feira, o CEO da Asus revelou que a Intel estava sofrendo dificuldades para distribuir os seus novos chips Skylake topo de linha, o i7-6700K e i5-6600K, para os varejistas norte-americanos e para as fabricantes. Ontem, o porta-voz da Intel Daniel Snyder revelou que a empresa realmente não está suprindo a demanda de pedidos da nova linha de processadores.

"Nós estamos enfrentando dificuldades na distribuição por causa da grande demanda. Disponibilizaremos um volume adicional [de chips] durante o terceiro trimestre"
- Daniel Snyder


As razões que resultaram em problemas de demanda dos chips Skylake ainda são desconhecidas e a Intel não comentou qual seriam as dificuldades enfrentadas.

Em um encontro com investidores, o CEO da Asus Jerry Shen disse que a Intel também terá problemas na distribuição de seus chips mais portáteis, mas não revelou qual seriam os motivos. O executivo também disse que mais computadores da marca com o chips Skylake começarão a aparecer a partir de setembro.

"Em setembro, nós vamos produzir mais produtos 'Skylake', mas esperamos uma escassez do chips em nível global, que não atingirá apenas a Asus. Nós tivemos o Windows 10 em agosto e uma pequena porcentagem de Skylakes. No próximo trimestre teremos uma porcentagem maior de processadores Skylake", disse o CEO da Asus.

- Continua após a publicidade -

Lançados durante a Gamescom 2015, os processadores Skylake Core i7-6700K e Core i5-6600K já estão disponíveis para compra nos Estados Unidos. Feitos em arquitetura 14 nm, os chips possuem como maior diferencial os gráficos integrados Intel HD 530 e suporte as memórias DDR3L-1600 e DDR4-2133.

Comparativos técnicos com novos processadores Intel Core i7-6700K e Core i5-6600K

 {via}Kit Guru|http://www.kitguru.net/components/cpu/anton-shilov/asustek-and-intel-confirm-global-shortage-of-intel-skylake-microprocessors/{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.