Chefe da divisão Xbox explica porque alguns jogos recentes não foram lançados para PC

Ao que parece, a Microsoft ainda não tem planos de trazer jogos do Xbox One como Scalebound, Crackdown 3 ou Quantum Break para o PC. Apesar disso, o chefe da divisão Xbox, Phil Spencer, não descartou que eles possam ser lançados para computadores mais tarde.

Em uma entrevista ao site PC Gamer, ele explicou que esses jogos não estão vindo para o PC, pelo menos não imediatamente, porque o desenvolvimento deses títulos iniciou antes que ele assumisse o cargo que exerce hoje na Microsoft. Como eles foram pensados para Xbox, seria necessária uma versão para PC, mas a empresa não fará isso agora por estar focada nos seus próximos jogos.

"No caso de Scalebound, Crackdown ou Quantum Break, você sabe, apenas para ser completamente honesto, nós começamos os jogos antes de pensar em nos expandirmos para o Windows da maneira que eu queria fazer como chefe".
- Phil Spencer para PC Gamer

Quando foi promovido a Chefe de Xbox, em março de 2014, Spencer disse que ele estava esperando para promover a marca Xbox como um "ecossistema" que se estende por vários dispositivos, incluindo Xbox e PC.

Na época, ele disse que acreditava na capacidade da tecnologia para trazer jogos e entretenimento para através de diversas plataformas como PC, tablet e dispositivos móveis. "Não estou dizendo que estes jogos nunca virão para PC, mas agora queremos terminar grandes títulos que começamos e espero que futuramente possamos pensar nesse caso", disse Spencer.

{via}PC Gamer|http://www.pcgamer.com/why-scalebound-crackdown-3-and-quantum-break-arent-coming-to-pc/{/via}

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.