Apenas 34% dos usuários da Steam jogam games com resolução em 1080p

A Steam liberou seu levantamento mensal de informações de hardware e software recebidas dos usuários e segundo os dados, a maioria dos jogadores da plataforma não costumam usar altas resoluções na hora de jogar.

Os números mostram que apenas 34% dos jogadores rodam seus games em 1080p. A segunda resolução mais utilizada é 1366 x 768, estando presente em 26,61% dos PCs rodando games da plataforma.

Em relação ao hardware, mais da metade dos jogadores usam placas Nvidia ( 52,47%) e 75% utilizam processadores Intel.

Os dados da Valve também revelam outras informações interessantes. Abaixo você pode ver mais algumas constatações da Steam.

- Continua após a publicidade -

- Sistema operacional mais usado: Windows 7 (44.91%),
- Memória RAM: 8 GB (31.07%)
- Velocidade do processador (Intel): 2.3 Ghz até 2.69 Ghz (21.60%)
- Número de núcleos da CPU: 2 núcleos (48.26%)
- VRAM: 1024 MB (31.76%)
- Resolução: 1920 x 1080 (34,7%)
- Resolução com Multi-monitor: 3840 x 1080 (28.90%)

 A Steam possui mais de 125 milhões milhões de usuários ativos e Valve faz esse relatório mensalmente, sendo que a participação dos jogadores é opcional e anonima, segundo a empresa. Os números obtidos são úteis para o desenvolvimentod a plataforma e influenciam nas decisões relacionadas a investimentos em novas tecnologias e produtos.

Os infográficos completos e todas as informações do relatório mensal da Steam de hardware e software estão disponíveis neste link.

{via}Steam|http://store.steampowered.com/hwsurvey?l=portuguese{/via}

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.