Após prejuízo, Sharp está saindo do mercado de TVs na América

A empresa chinesa Sharp, conceituada na fabricação de Smart TVs e monitores para smartphones, anunciou no final da semana passada que está encerrando o seu mercado de televisores nas Américas. O motivo seria o grande prejuízo que a companhia teve nos últimos três meses, onde a empresa contabilizou uma perda de US$ 231,87 milhões.

A fábrica da Sharp responsável pelos aparelhos que são distribuídos na América fica no México e foi vendida por US$ 23,7 milhões para a Hisense Group. Pagando esse valor, a Hisense também adquiriu as licenças e marcas da Sharp, que possivelmente continuarão sendo utilizadas.

A Sharp teve um ano fiscal muito bom em 2014 e fechou o segundo trimestre com lucro de 4,7 bilhões de ienes. Já em 2015, a empresa sofreu com uma queda drástica nas vendas de seus aparelhos, contabilizando o prejuízo de 28,8 bilhões de ienes (US$ 231,87 milhões).

A Sharp disse que a queda nas vendas se deu por causa do crescimento do mercado de TVs premium e a concorrência com outras empresas chinesas. "A Sharp não tem sido capaz de se adaptar totalmente à competição de mercado cada vez mais intensa, o que levou a lucros significativamente menores em comparação às projeções iniciais para o ano fiscal anterior, e vem sofrendo com desempenho fraco de resultados".

 Além da queda na comercialização de TVs, outro mercado lucrativo da Sharp também não vingou neste trimestre: os monitores para smartphones. A empresa esperava uma alta nas vendas de displays para dispositivos móveis, mas o mercado acabou decepcionando e aumentou o prejuízo. A companhia costumava ser bastante inovadora no meio e era a fornecedora confiável de várias gigantes do mercado, como a Apple.

{via}TweakTown|http://www.tweaktown.com/news/46821/sharp-pulls-tv-business-financial-problems/index.html{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.