Projeto Lonn da Google irá fornecer internet em lugares remotos através de balões

Apesar da internet ser uma realidade cotidiana para muitos, 2/3 da população mundial ainda não tem acesso à Internet. Por isso, a Google criou o Projeto Loon, que é uma rede de balões que viaja na estratosfera, cerca de 20 km acima da superfície da Terra. A finalidade do projeto é conectar pessoas em áreas rurais e remotas, ajudar a preencher falhas de cobertura e ajudar a recuperar a conexão com a Internet em áreas que passaram por desastres.

Em parceria com empresas de telecomunicações que compartilham redes de celular, as pessoas poderão se conectar ao do balão diretamente dos seus smartphones e outros dispositivos com suporte à LTE. O Projeto Loon usa algorítimos de software para determinar aonde os balões precisam ir, levando cada um deles para uma determinada camada de vento para ir à direção correta. Todos os componentes eletrônicos do balão são alimentados por um conjunto de painéis solares, e estima-se que eles durem 100 dias no ar.

O Sri Lanka já terá o fornecimento de internet móvel ao país por meio de balões, pois já fechou acordo com a Google para o serviço. Mike Cassidy, vice-presidente da Google e diretor do Projeto Loon, diz que o Sri Lanka é o primeiro país a receber em todo seu território o sinal de internet enviado pelos balões, e, nos próximos meses, 13 balões flutuarão sobre o país. O primeiro balão está programado para voar em 100 dias. 

{via}G1|http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/07/google-vai-fornecer-internet-balao-para-todo-o-sri-lanka.html{/via} 

- Continua após a publicidade -

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.