Mozilla abre fogo contra Windows 10 por dificultar troca de navegador padrão

Mais de 14 milhões de pessoas já atualizaram seus computadores para o Windows 10, que trouxe algumas mudanças que não alegraram algumas empresas de tecnologia. Quando instalado, o sistema operacional altera as escolhas do usuário e torna os serviços da Microsoft como padrão e, segundo o CEO da Mozilla, a empresa estaria dificultando a vida dos concorrentes.

Quando o Windows é atualizado para a nova versão de forma expressa, o Microsoft Edge se torna o navegador padrão do sistema e, segundo uma carta aberta do presidente da Mozzila, Chris Beard, a Microsoft está dificultando a maneira de tornar o Firefox o navegador padrão do sistema.

Beard diz que o Windows 10 está impedindo o instalador do Firefox de mostrar a opção de tornar o navegador padrão no final do processo de instalação. Isto também acontece com o Google Chrome, maior rival do navegador da Mozilla. Abaixo, você pode ler um trecho da carta aberta de Chris Beard:

"Agora são necessários mais de dois cliques, rolagens de tela e sofisticações para as pessoas voltarem aos padrões que utilizavam nas versões anteriores do Windows. É confuso, difícil de navegar e fácil de se perder".

 Em resposta ao CEO da Mozilla, a Microsoft lançou um comunicado dizendo que as pessoas podem escolher se pretendem deixar os novos programas do sistema como padrão durante a atualização para o Windows 10. Ou seja, este é mais um caso gerado pela instalação expressa do sistema, onde o usuário deixa tudo por conta da Microsoft.

- Continua após a publicidade -

"Nós fizemos o Windows 10 para oferecer uma expêriencia simples de upgrade para os usuários. Durante a atualização, os consumidores podem escolher se querem deixar tudo em nossos padrões, incluindo o navegador. Após o upgrade, eles podem facilmente escolher o navegador de sua preferência."

Vale lembrar que a opção de tornar o Firefox o navegador padrão não está aparecendo apenas no final da instalação do programa, mas o usuário pode fazer isso quando o navegador é aberto pela primeira vez, o que pode ser feito com apenas dois cliques. Também é possível trocar o navegador padrão indo até "configurações - sistema - aplicativos padrão".

Levando em consideração que boa parte da equipe de desenvolvedores do Edge fazia parte do Internet Explorer, o CEO da Mozilla podia ter enviado um bolinho junto com a carta, para manter o "fair play" (e a zoeira) entre as equipes.

{via}Engadget|http://www.engadget.com/2015/07/31/mozilla-windows-10/{/via}

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.