Pela primeira vez em seis anos, Riot dasabilita um campeão de League of Legends

O personagem Gangplank, de League of Legends, foi morto no jogo e está desabilitado, algo que é incomum no universo dos Mobas. Apesar de ser um jogo gratuito, muitos usuários podem comprar skins dos campeões, e, alguns adeptos ao Gangplank ficaram furiosos e pediram um reembolso à Riot Games, produtora do jogo.

No FAQ, a empresa respondeu que "a morte de um Champion não tem precedentes em League of Legends, e não o fizemos levianamente. Encorajamos todos os fãs de Gangplank a permanecerem calmos por alguns dias até que avaliemos completamente a situação".

O que acontece é que entre as atualizações dos patchs está sendo realizado o Evento Bilgewater, que envolve as histórias dos personagens Twisted Fate e Graves, oferecendo recompensas por objetivos conquistados no jogo. A narração e até o modo ARAM foram modificados para a campanha.

Ainda nas últimas semanas dois campeões foram atualizados: Miss Fortune e Gangplank, ambos rivais. Os dois também estão na história do evento, e o campeão morreu como parte da trama. Sabemos que a Riot Games não iria atualizar um campeão para desativá-lo tempos mais tarde. Spolier: Ganplank vai voltar, mas enquanto isso ele ficará assim.

Não foi a primeira vez que um campeão foi desativado no jogo. No Evento Lenda do Rei Poro, por exemplo, Vel'Koz também havia sido desativado de um modo com a desculpa de que "ele não iria se divertir naquele jogo", embora estivesse fora do modo por motivos de bug.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.