Square Enix comenta exclusividade de Tomb Raider no XOne: "sabíamos que iríamos desapontar os fãs"

 

Seguindo a notícia da semana passada em que "Rise of the Tomb Raider" também será lançado para PC e Playstation 4, a Square Enix comentou sobre a parceria de exclusividade temporária do novo jogo de Lara Croft com a Microsoft

De acordo com uma entrevista de Phil Rogers, presidente da Square Enix of the Americas, ao site Examiner, muita coisa importante estava em jogo, e a empresa tinha ciência de que, durante o anúncio da exclusividade, iria desapontar muitos fãs da franquia.

Espero que os fãs percebam que não foi uma decisão fácil. Acho que uma parceria desse nível é uma decisão que tomou muito tempo para ser decidida. A decisão, levando em conta o nosso estúdio [Crystal Dynamics], foi levada de forma muito, muito séria. Sabíamos que, a curto prazo, iríamos desapontar os fãs.   


Ainda de acordo com o executivo, a escolha da Square Enix para firmar uma parceria de exclusividade foi o tipo de atenção e de tratamento que a produtora Crystal Dynamics e a distribuidora receberam da Microsoft, que também demonstrou muita paixão pela série.

- Continua após a publicidade -

Quando eles [Microsoft] trabalharam com a gente em outros jogos, mesmo que em menor grau, eles foram bastante atenciosos. Já com "Rise of the Tomb Raider", eles trouxeram uma paixão e uma vontade que realmente vai nos permitir impressionar as pessoas.[...] Esse compromisso com "Tomb Raider" é o que nos deixa maravilhados.   


"Rise of the Tomb Raider" chega em 1° de novembro ao Xbox One. A versão para PC será lançada no começo de 2016. O Playstation 4 recebe o jogo no final do mesmo ano.

Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Devem existir lançamentos de chips com melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.