Universal e outros estúdios pedem para Google remover filmes piratas de seus próprios PCs

Algo comum na rotina da Google é receber pedidos de grandes estúdios de filmes, gravadoras e editoras para que conteúdo pirateado seja removido dos resultados de buscas no site. Isso dá um certo trabalho, já que cada link tem que ser enviado manualmente para a empresa.

Porém, também gera situações hilárias, como é o caso da Universal Pictures da França (na foto que ilustra a notícia, você vê o CEO da empresa) pedindo para a Google derrubar links para arquivos do filme Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, que estão dentro do endereço "http://127.0.0.1". Esse endereço, logicamente, fica num PC dentro da própria empresa, onde aparentemente um client de BitTorrent estava rodando.

Enquanto isso, a NBC Universal pediu para a Google tirar do ar uma grande quantidade de links para as suas próprias máquinas. Ao que parece, elas estavam compartilhando o filme 47 Ronins. Já a editora Workman Publishing tentou derrubar 108 links piratas do audiolivro de A Vida de Pi (que, no cinema, chegou no Brasil como As Aventuras de Pi), todos eles dentro de seus próprios computadores.

Para quem quiser de divertir mais um pouco, o site Chilling Effects possui uma base de dados com uma série de pedidos para a retirada de links como  "localhost" e links "127.0.0.1".

{via}The Next Web|http://thenextweb.com/insider/2015/07/23/hahahahahahahaha/{/via}

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.