Chefe de segurança do Facebook defende a extinção do Adobe Flash

Nos últimos anos, o Adobe Flash perdeu todo seu espaço nos dispositivos móveis – em 2011, a empresa abandonou a plataforma no Android, e Steve Jobs sempre foi contra inclui-lo no iOS. O Flash também tem perdido espaço em outros sistemas operacionais, mas isso acontece de maneira lenta e gradual.

Alex Stamos, novo chefe de segurança do Facebook, acha que o processo já demorou tempo demais, e que a Adobe deveria acabar com o Flash de uma vez por todas. "Chegou a hora da Adobe anunciar uma data para o fim do Flash e pedir para os browsers configurarem killbits no mesmo dia", escreveu Stamos, em seu perfil oficial no Twitter.

"Mesmo que seja daqui a 18 meses, definir uma data é a única maneira de nos libertarmos da dependência e atualizar todo o ecossistema de uma só vez," completou, em outro tweet. O Facebook utiliza o Flash para boa parte de seu conteúdo em vídeo, mas também usa HTML5 nos navegadores mais modernos, que suportam a linguagem.

{via}The Next Web|http://thenextweb.com/facebook/2015/07/13/flash-aah-aah-its-not-the-savior-of-any-of-us/|Business Insider|http://www.businessinsider.com/facebook-chief-security-officer-calls-for-end-to-adobe-flash-2015-7{/via} 

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.