Nova inteligência artificial do Google ajuda Gmail a não confundir spams com emails legítimos

O Gmail usa uma inteligência artificial para detectar spans que podem cair na sua caixa de entrada, movendo-os para a lixeira, só que algumas mensagens importantes acabam sendo confundidas com lixo eletrônico. Determinar quais mensagens são ou não spam é a maior dificuldade num serviço de email.

Assim, o Google lançou uma ferramenta do Gmail chamada Postmaster, que fornece dados que podem ajudar os remetentes a disgnosticar melhor o porquê de certos emails estarem sendo classificados como spam. O que pode ser spam para um usuário, às vezes é uma mensagem legítima para outro. E-mails de bancos e lojas podem ser confundidos como mensagens de publicidade. 

Quando você marca uma mensagem como spam ou não spam, você ajuda o filtro do Gmail a 'aprender com seus erros' para que ele possa ser mais preciso e confiável no futuro. Mas a nova inteligência artificial do Google ajuda o filtro de spam a reconhecer as preferências de cada usuário. Significa que ele pode marcar corretamente uma determinada mensagem como spam para você, mas como legítima para outro. Um exemplo é um e-mail newsletter semanal, que uma pessoa pode querer e outro não.

O filtro de spam do Gmail também ficou mais "esperto" para detectar e-mails que vieram de outra fonte que não o remetente real. Spammers normalmente usam endereços falsos para que eles não possam ser detectados, mas um filtro de spam mais sofisticado pode identificar esses outros endereços.

O gerente de produção da Google, Harsha Somanchi, disse que menos de 0,1% dos e-mails na caixa de entrada do Gmail é spam, e a quantidade de e-mails legítimos que foram enviados à pasta de spam é ainda menor, menos de 0,05%. 

- Continua após a publicidade -

{via}Cnet|http://www.cnet.com/uk/news/how-google-tries-to-prevent-spam-from-reaching-your-inbox/{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.