Sobra fan, falta PCB: imagens mostram a Sapphire Radeon R9 Fury Tri-X

Enquanto as fabricantes estão presas ao design referência com a Fury X, a versão da placa com resfriamento a ar, a R9 Fury, dá liberdade aos parceiros da AMD em implementarem seus sistemas próprios de controle de temperatura. O curioso é que com a proposta de ser uma placa mais compacta, está acontecendo algo curioso com os modelos mais parrudos de algumas fabricantes: está sobrando muito da carcaça além do PCB.

Isso é mais notável nos modelos que implementam três fans, como as imagens da Sapphire Radeon R9 Fury Tri-X. Por não usar o backplate, conseguimos ter uma ideia do quão compacto é o projeto Fury comparado com estes sistemas mais avançados de resfriamento.

Fechando com especificações vazadas anteriormente, a placa realmente conta com um chip Fiji com alguns cortes comparados às placas Fury X, com um total de 3584 processadores stream, 64 ROPs e 224 TMUs. A frequência está pouco abaixo do que a presente no modelo com resfriamento líquido, com a placa operando em 1.000MHz, apenas 50MHz abaixo da Fury X.

A placa conta com 4GB de memória HBM com clock de 500MHz (clock efetivo de 1GHz) e, apesar da baixa frequência, a nova tecnologia garante uma largura de banda expressiva de 512GB/s e barramento de memória de 4096-bit. A Radeon R9 Fury Tri-X possui um TDP de 275W e será alimentada por dois conectores de oito pinos, entregando um total de 7.2 TFlops de poder de processamento (valor próximo ao da GeForce GTX Titan X).

- Continua após a publicidade -

Além deste modelo da Sapphire, outra placa a ter informações vazadas é um suposto modelo da ASUS prepara Radeon R9 Fury com sistema de Cooler DirectCU III, também com 3 fans. A R9 Fury possui um preço sugerido de US$ 549, 100 dólares mais barata que a Fury X, em torno de 20 a 50 dólares mais cara que a GeForce GTX 980.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.