O dia pelo qual todos nós vivemos se aproxima: japoneses do Kuratas aceitam o duelo de robôs

Esta notícia torna todas as demais do dia irrelevantes. A Suidobashi, equipe desenvolveu o Kuratas, um mecha de 4 toneladas, aceitou o desafio dos americanos do MegaBots, equipe que possui um KickStarter para a criação de duelos entre robôs gigantes. Sim, eles aceitaram o duelo para uma luta ENTRE ROBÔS GIGANTES.

Vocês tem um robô gigante. Nós temos um robô gigante. Vocês sabem que isso tem que acontecer

 

- desafio lançado pela equipe do MegaBots 


Os japoneses responderam que os robôs gigantes são algo muito importante na cultura japonesa, e que não podem recusar este desafio. O que eles se recusam é lutar com simples armas de paintball. No vídeo de resposta, os japoneses sugerem um combate corpo-a-corpo entre os gigantes de metal.

O mecha japonês possui 4 metros de altura (quando na posição mais elevada) e 3 metros de largura, movido à diesel e gasolina. O "equipado bélico" vem com uma série de armas não-letais e um avançado sistema de bordo, o "V-sido", que tem entre seus destaques a compatibilidade com o Kinect, informações adicionais em um painel para o piloto e sistemas de mira automática, além do notável "smile shoot", que consiste em disparos acionados por sorrisos do piloto (ótima pedida para os sádicos). Além dos comandos pelo cockpit, também é possível controlar o mecha à distância, através de uma conexão 3G. O Kuratas está disponível para compra na Amazon japonesa, com um custo de R$ 2.6 milhões

- Continua após a publicidade -

O campeão americando é o MegaBot Mk. II Mech. Ele possui 4.5 metros de altura e pesa aproximadamente 6 toneladas. Atualmente, ele é equipado com uma arma de paintball, porém pode receber outros equipamentos. O MegaBots é controlado por dois pilotos.

Nenhuma das duas equipes se pronunciaram oficialmente sobre uma data ou forma como acontecerá o combate. Mas tanto faz. O que importa é que mais um passo rumo a isso aqui foi dado.

 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.