Radeon R9 Fury X e demais placas da família com GPU Fiji são lançadas pela AMD; veja specs

Anunciada na terça-feira, mas sem especificações detalhadas, a nova placa de vídeo topo de linha da AMD, a Radeon R9 Fury X, foi lançada hoje oficialmente com todas as suas características técnicas. Ela vem acompanhada de outras duas variantes: a Radeon R9 Fury, que traz resfriamento a ar e não líquido, como a Fury X, e a Radeon R9 Nano, que entrega performance de topo de linha em um PCB reduzido. Todas elas vêm equipadas com a nova GPU Fiji.

A Radeon R9 Fury X traz 4096 processadores stream, 256 TMUs e 64 ROPs. O chip gráfico da placa, que foi construído em processo de 28nm, tem velocidade de clock de 1050MHz. A memória de vídeo HBM de 4GB vem com clock de 500MHz em uma interface de 4096 bits e largura de banda de 512GB/s. A placa é alimentada por dois conectores de 8 pinos e possui TDP de 275W. As saídas de vídeo incluem uma HDMI (não é 2.0) e três DisplayPort. A placa tem suporte à próxima geração de APIs como o DirectX 12 e também ao Freesync, VSR e Frame Rate Target Control.

O PCB mede 19 centímetros, sendo 30% menor que a Radeon R9 290X e, como mencionado anteriormente, traz sistema líquido de resfriamento. A Fury X chega ao mercado no dia 24 de junho custando US$649,00. A empresa também anunciou uma versão da placa com duas GPUs Fiji, a Radeon R9 Fury X2. Trata-se de uma placa com o dobro das especificações.


Lisa Su, CEO da AMD, apresentando o PCB da Fury X2 durante a PC Gaming Show

- Continua após a publicidade -

Já a versão R9 Fury, sem o X, traz basicamente as mesmas especificações que a Fury X, com pequenas modificações. Ela vem com 3584 processadores stream e 224 TMUs, enquanto a GPU traz uma frequência um pouco mais baixa: 1000MHz. O preço também sofreu uma redução de US$100,00 e vai ser de US$549,00.

Enquanto isso, a R9 Nano não teve muitos detalhes revelados. O TDP a gente já sabe que vai ser de 175W. Memória de vídeo, frequência e largura de banda são as mesmas das suas irmãs da série Fury. O preço dela não foi revelado. 

Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.