Jogos de PC vão ultrapassar vendas de jogos para consoles até o final de 2016, revela pesquisa

Atualmente, a maioria dos jogos no mercado estão disponíveis para consoles e PCs, onde o protagonista no comércio sempre foi o console, mas isto irá mudar. O uso do PC ganha mais popularidade com o passar do tempo por ser a única maneira de jogar alguns dos games mais populares da indústria e aproveitar o que os jogos online têm a oferecer. Segundo uma pesquisa da PwC, as vendas dos games para PC vão chegar a US$29 bilhões, enquanto o mercado de jogos para consoles venderá US$28 bilhões até o final de 2016.


Ao final deste ano, o PC também será a alternativa para jogar games com a tecnologia de realidade virtual em alta qualidade. Se ainda já não é, ele será a chave para o investimento pesado em novas tecnologias e é nele que os players vão gastar mais tempo jogando. O sucesso de serviços como Steam, Uplay e NVIDIA Grid incentivam mais gamers a preferirem o PC. Sem falar que o número de usuários na Indía e China aumenta gradativamente graças ao crescente universo de e-Sports onde o computador é a plataforma escolhida.

O pioneiro dos games foi o PC, que estabeleceu as primeiras comunidades de multiplayers online e investiu em tecnologia para proporcionar experiências mais realísticas. Isto até o final dos anos 1990, quando os consoles começaram a dominar o mercado. Do PC para o console e voltamos ao início.

- Continua após a publicidade -

A comunidade de e-Sports já é de 10 milhões de pessoas. 

 Três em quatro jogos para PC estão registrados Steam.

{via}Cnet|http://www.cnet.com/uk/news/playing-games-on-the-pc-is-making-a-comeback/{/via}

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.