Wikipedia agora usa criptografia HTTPS para proteger dados dos seus usuários

A Wikipedia anunciou através do seu blog que começou a criptografar o acesso às suas páginas para proteger os dados de seus usuários. A equipe vinha desenvolvendo a infraestrutura e aspectos técnicos para o uso do HTTPS desde 2011 e pôde anunciar agora que começou, efetivamente, a realizar a migração para o padrão.

Também será usado o HSTS (HTTP Strict Transport Security) para garantir uma segurança extra contra tentativas de quebrar o protocolo e interceptar dados. O novo sistema vai funcionar em todos os sites "wiki", da rede Wikimedia.

"Nós acreditamos que a criptografia faz a web mais forte para todo mundo. Num mundo onde vigilância em massa se tornou uma ameaça séria para a liberdade intelectual, conexões seguras são essenciais para proteger os usuários ao redor do mundo. Sem criptografia, governos podem mais facilmente colher informações sensíveis, criando um efeito inibidor, e prejudicando a participação, ou em casos extremos eles podem isolar ou disciplinar cidadãos."

- Continua após a publicidade -

O post no blog da Wikipedia explica também que o HTTPS pode impactar na performance do acesso de algumas pessoas, especialmente em países com menor infraestrutura técnica. Os administradores afirmam que "calibraram cuidadosamente" a configuração da criptografia para que o acesso ao redor do mundo não seja comprometido.

{via}Blog do Wikimedia | https://blog.wikimedia.org/2015/06/12/securing-wikimedia-sites-with-https/{/via}

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.