WWDC: Mac OS X, codinome El Capitan, traz mais performance e melhorias na interface

A Apple anunciou durante a WWDC a nova versão de seu sistema para computadores, o Mac OS X. O sucessor Yosemite será o El Capitan, e o foco do novo sistema é a melhoria da experiência e performance, melhorando a interface e buscando e o desempenho do computador.

O novo sistema busca melhorar pequenas interações para acelerar as interações com o sistema. Uma das mais curiosas é localizar o ponteiro do mouse na tela: se você sacudir o mouse o cursor irá aumentar de tamanho, facilitando encontrá-lo. Fazer o slide para a lateral traz novas interações em diversos dos programas.

No e-mail, irá arquivar uma mensagen, enquanto que no Safari irá fixar uma aba. Falando no navegador, ele agora irá mostrar um ícone avisando qual aba está executando uma música, semelhante ao que vemos no Chrome, e bastará clicar nele para desligar o áudio.

O sistema de busca ganhou refinamentos ao longo de toda a interface. Além da busca por aquivos, a busca irá entender comandos mais complexos como "arquivos de imagem de setembro" ou "e-mails que ignorei de um determinado contato", filtrando de forma avançada os resultados.

Melhorias na interface e nas interações, somados com mais performance, são as novidades do El Capitan

 

- Continua após a publicidade -

O El Capitan irá organizar de forma mais eficiente múltiplos aplicativos. Basta arrastar janelas para reorganizar o espaço ocupado por um app em sua tela, inclusive distribuindo e alinhando aplicativos em diferentes desktops. O movimento de arrastar imagens ou arquivos também irá acelerar a inclusão de fotos em um e-mail ou anexar arquivos em outros softwares, tudo de forma mais eficiente.


Mais peformance
A Apple otimizou muito do sistema nesta nova versão. O sistema está em torno de 1.4x mais rápido na hora de abrir apps e 2x mais eficiente para alternar entre eles. PDFs serão abertos em até 4x menos tempo. Um dos principais focos da apresentação foi uma nova API, a Metal.

Metal chegou para o Mac diminuindo a distância entre o software e o hardware, trazendo assim uma API de baixo nível capaz de aumentar em 40% a performance de renderização. Assim como o DirectX 12, esta nova API mais próxima do hardware aumento a capacidade de realizar "draw calls", um importante gargalo de processador, em até 10x. O resultado é um consumo de processador até 50% menor que o visto no Yosemite, e uma maior eficiência na hora de renderizar gráficos complexos.

El Capitan já está disponível para desenvolvedores, com um beta para usuários disponível para todos os usuários em julho. O upgrade será gratuito e estará disponível para os usuários no período do outono do hemisfério norte, algo entre setembro e novembro deste ano.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Devem existir lançamentos de chips com melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.