Apple passa Google como marca mais valiosa de acordo com ranking de marketing

A Apple reconquistou o título de marca mais valiosa do mundo após perder o topo para o Google no ano passado. Segundo o relatório anual BrandZ, da companhia de pesquisa de mercado Millward Brown, o valor da companhia da maçã aumentou em 67% no último ano, chegando a US$247 bilhões. A gigante da internet, antes em primeiro lugar, cresceu apenas 9%, alcançando um valor de US$174 – deixando assim a posição de liderança.

Antes de ter sido derrubada pelo Google, a Apple manteve-se como marca mais valiosa por três anos consecutivos. Apesar do fluxo, a gigante das pesquisas continua no segundo lugar e manteve um resultado melhor do que metade daquelas companhias no top 10. A posição foi calculada através de dados de mercado e milhões de pesquisas de consumidores para definir o valor que pode ser atribuído à identidade de uma empresa. 

É possível encontrar razões para justificar a ultrapassagem da Apple no ano passado: em 2014, a empresa lançou um smartwatch com uma hype gigante e manteve altas vendas de seus iPhones, sinais que favoreceram o crescimento do valor da marca. Por outro lado, seu rival teve problemas com o Google Glass, regulamentações em outros países e lucros relativamente menores.

Seguidos dos dois gigantes estão também duas empresas conhecidas de tecnologia, a Microsoft e a IBM. O estudo da Millward Brown sugere que este setor tende a dominar ainda mais este mercado – tais companhias representam um terço do valor das marcas mais lucrativas, com um total de aproximadamente um trilhão de dólares. Abaixo estão listadas as empresas, com seu valor atual de marca, valor do ano passado e mudança percentual entre os períodos:

1. Apple

Valor de marca: US$247 bi
Valor no ano passado: US$148 bi
Mudança percentual: 67%

- Continua após a publicidade -

2. Google

Valor de marca: US$173 bi
Valor no ano passado: US$158 bi
Mudança percentual: 9%

3. Microsoft

Valor de marca: US$116 bi
Valor no ano passado: US$90 bi
Mudança percentual: 28%

4. IBM

- Continua após a publicidade -

Valor de marca: US$94 bi
Valor no ano passado: US$108 bi
Mudança percentual: -13%

5. Visa

Valor de marca: US$92 bi
Valor no ano passado: US$79 bi
Mudança percentual: 16%

6. AT&T

Valor de marca: US$89 bi
Valor no ano passado: US$78 bi
Mudança percentual: 15%

7. Verizon

Valor de marca: US$86 bi
Valor no ano passado: US$63 bi
Mudança percentual: 36%

8. Coca-Cola

Valor de marca: US$84 bi
Valor no ano passado: US$81 bi
Mudança percentual: 4%

9. McDonald's

Valor de marca: US$81 bi
Valor no ano passado:$86 bi
Mudança percentual: -5%

10. Marlboro

Valor de marca: US$80 bi
Valor no ano passado: US$67 bi
Mudança percentual: 19% 

{via}Mashable|http://mashable.com/2015/05/27/most-valuable-brands/?utm_campaign=Mash-Prod-RSS-Feedburner-All-Partial&utm_cid=Mash-Prod-RSS-Feedburner-All-Partial&utm_medium=feed&utm_source=feedly{/via}

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.