Produtora bane quase 25.000 jogadores pelo uso de trapaças em H1Z1

John Smedley, presidente da desenvolvedora Daybreak, responsável por H1Z1, anunciou em seu Twitter o banimento de 24.837 jogadores do MMO de zumbis, pelo uso de trapaças no game. Mostrando estar muito descontente com esse tipo de jogador, Smedley chamou os responsáveis pelo TMCheats de "baratas" e disse que não quer "o maldito dinheiro" dos cheaters.

 

 

Não foi especificado quais tipos de cheats foram responsáveis pelo banimento dos quase 25.000 jogadores, mas o fato de Smedley ter citado o TMCheats em seus tweets furiosos é um sinal de que o site é responsável por ter disponibilizado a maioria deles. "Como um orgulhoso jogador de PC, aquele site e outros como ele me enojam e nós precisamos coletivamente tirá-los do negócio."

Estima-se que o número de usuários banidos pode representar até US$ 500.000 de ganhos que não estarão mais entrando, mas Smedley diz não se incomodar com isso e que não quer esses jogadores de volta.

- Continua após a publicidade -

{via}PC Gamer | http://www.pcgamer.com/nearly-25000-h1z1-players-banned-for-cheating/{/via} 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.